Arquivo | Moda Feminina RSS feed for this section

Lady Gaga Veste Pedro Lourenço

14 jun


A peça faz parte da coleção 2001

Você pode conferir a coleção completa dele AQUI.

Alexandre Herchcovitch (fem) – Verão 2010/2011 #SPFW

11 jun

Falar de Alexandre Herchcovitch é uma tarefa dificil, para todos os sites dos favoritos aqui do meu computador o desfile da coleção feminina são só elogios, mas mesmo falando bem é complicado para quem entende “pouco” do assunto como eu, mas vamos tentar em partes colocar isso em prática partindo da idéia inicial de um dos maiores estilistas do nosso país, ele começou das cores.

Teve aquela tendência da boca com pigmentos, isso a gente esta vendo em vários desfiles dessa temporada, começando lá na Casa de Criadores, as cores tiverem seu inicio destaque ai, o cabelo era o mais simples possível, o destaque maior era para roupa, mas as vezes (mais pro meio do desfile) eles ganham as pontas de acordo com o batom e meio tijlinhas.

Os sapatos eram extremamente altos, no tipo agulha, isso pareceu dificultar o andar das modelos na passarela, mas eram lindos de exer os olhos, seguindo esse clima das cores ao qual o Alê andou passeando.

Teve a tendêncinha dos óculos que também eram das cores dos cabelos e batom, desejo de todos, certo!?

Vamos aos looks:



Peças em volumes e desenhos nos ombro, curtas acima do joelho, e com estampas em diversas cores, a idéia  era que isso fosse parecer borrões de tinta, como se fossem pincelados, os formatos eram os mesmo, mas com grandes acabamentos no colo, isso dava a diferença na construção que tinha a pela a mostra.

Os desenhos nem sempre seguiam padrões, é um verão leve e nada justo ao corpo.


A idéia do leve eram para atingir o cores exatas, a mudança dele no andar passam uma idéia da mesma cor com em mais de um tom.

Aparece também um degradê em um estilo macacão com a cintura marcada e com um brilho maior que os tecidos das outras peças;

Voltando para os ombros o que mais chama atenção é o acabamento, o desenho em recortes e a diferença de tons da mesma cor que ele mostra, e as costas que segue com desenhos lindos em um ótimo acabamento!

I (L) Alê!

Iódice e suas viseiras #SPFW

11 jun

Das passarelas para vida real!

4 jun

Das passarelas para o programa IT MTV – Carol Ribeiro usa Juliana Jabour!

Isabela Capeto – Verão 2011 #FashionRio

4 jun


Uma coleção que teve como ponto de partida a cor azul, assim tendo como referência tudo que lembrava.

Cheia de vestidos e diferentes formas e tamanho, Capeto trás para passarela uma coleção leve, porém cheia de detalhes e bastante desenhos e movimentos em todos aqueles vestidos que vão deixar as consumidoras apaixonadas pelo verão.

Nos pés teve o detalhe do Espadrilhe, que teve esse ano na Casa de Criadores no desfile da Juss e também já falamos dele AQUI.
Voltam os detalhes das franjas assim como nos desfiles da #CDC mas agora nas bolsas.

Nos últimos blocos do desfile o azul se transforma em laranja, com estampas mais fortes e floridas e algumas transparências.



A estilista vê a coleção como um clima de praia, onde as cores das peças parecem favorecer a cor do pecado, a cor do verão.
A coleção tem muito movimento e tecidos bem leves, de certo será um hit da estação.

Walter Rodrigues – Verão 2011 #fashionrio

2 jun

Coleção inspirada nos anos 60, mas de um lado da zona da mata de Pernambuco (onde a maior parte da coleção foi criada), mas elas são africanas, do Quênia.

Com uma cartela de cores claras e peças mais leves e quase transparentes Rodrigues trás para o Verão uma coleção um tanto simples, mas cheia de detalhes nas referências, com cintura marcada, panos/chapéu sobre a cabeça, colares e bolsas e sapatos com plataformas de madeira e muita sobreposições com peças mais curtas.


Ao final da coleção teve a idéia de pintura corporal!

A idéia de Walter é mostrar o lado de fora das imagens da Africa, afinal de contas os documentários sobre o tema nunca dão prioridade para as roupas, ele quis mostrar na realidade que ela não é apenas uma necessidade.

R.Rosner Verão 2011 – Casa de Criadores

25 maio

Uma coleção de mulheres Húngaras cheia de detalhes, em uma cartela de cores mais claras, muitos vestidos, acabamento nos ombros, transparência, aplicação de pedrinhas de brilhantes, plumas e tules. Assim foi o verão de Rosner inspirado nos seus antepassados.


Sapatos com acabamentos em laços com tules, e todas as modelos levam adornos na cabeça.


Durante a coleção existe a brincadeira entre o curto e o mais longo, pernas de fora e às vezes completamente cobertas, ele trabalha muito na estrutura e no acabamento das peças da cintura pra cima, muitos dos looks tem a cintura bem marcada reforçando o ar feminino da coleção, e muito volume com várias camadas do tule que é o carro chefe.

Muitas peças em transparência, mas que com os aplicadas das pedrinhas deixam com ar de objeto de desejo fora das passarelas.