Arquivo | SPFW 2010 RSS feed for this section

Amapô Verão 2011 – Preview #SPFW

4 jun

Recebemos por e-mail a preview da coleção da Amapô para o Verão 2011 da SPFW!
A coleção trás a inspiração do regionalismo e nas tradições brasileiras,  pelo que parece a coleção vem bem colorida seguindo a risca o tema!

Confira a estampa “Da lama ao caos” por Felipe Jardim!

(Clique na imagem para ver em tamanho real);
Agora vamos aguardar pra ver!

Anúncios

Alexandre Herchcovitch – SPFW Masculino outono/inverno 2010

26 jan

A partir de uma partida de xadrez dos cavaleiros medievais a coleção masculina de Herchcovitch entra na passarela.


Uma coleção masculina com muita sobreposição, xadrez, tricô e calças legging.
Os pés levam tênis e as vezes as papetes, no rosto a maquiagem forte inspirada no sétimo selo”, filme de Ingmar Bergman.

Com cartela de cores escuras, muito preto, vermelho sangue e tons de cinza, mas aparecem muitos tons de prata que mostram a luz para a coleção.

Em uma temporada de poucos looks masculinos H;A coloca na passarela como encontrar a morte bem vestido!

Carlota Joakina – SPFW outono/inverno 2010

25 jan

Carlota Joakina pela nossa enviada Carina Amorim em cobertura exclusiva DO BABADO.


O desfile da Carlota Joakina, para quem não sabe é uma marca teen da Glória Coelho, teve como tema a “Arquitetura das Flores”.
Mostrou em uma cartela de tons preto, cinza, nude e azul petróleo uma coleção bem comercial e com um visível toque de Glória Coelho.
O cenário do desfile era muito fofo, com flores projetas ao fundo e um carro antigo com a mesma estampa em preto e branco, mesma estampa que apareceu em vestidinhos de chiffon e em meia-calças. Nos acessorios, luvas (daquelas que tem um buraco para colocar o dedão) e meias de lã até o joelho apareceram bastante no desfile.


Nós pés uma ankle-boot bem simples nos tons de cinza e preto, o cabelo penteado para tras com gel, que dava uma cara de “molhado” e o make com um leve blush rosado sem nada muito forte.Tudo bem leve e harmonioso.
Os vestididinhos que fecharam o desfile lembraram bastante as coleções de Glória Coelho, pelas formas e pelo tecido.

A coleção ficou uma graça e bem feminina com um toque retrô, que apareceu até no brinde do desfile, que foi uma camera fotografica descartavel, que a estilista Camila Bertolote usou para bater uma foto dos seus convidados na sua entrada final após o desfile.

Amapô – SPFW outono/inverno 2010

25 jan

O desfile da Amapô teve como base os sem-teto e como eles se vestem (ou como eles se viram pra se vestir) e o resultado foi lindo e surpreendente!
Com Cobertura Completa direto da Bienal pela nossa enviada Carina Amorim você confere abaixo tudo sobre o desfile da coleção de inverno da Amapô!


Fernanda Lima abriu o desfile com um vestido feito de tiras de tecido em tons de azul, unidas por zipers, na barra eles estavam meio abertos, dando a impressao de que o vestido estivesse se desfazendo.Esse efeito foi dado em várias peças do desfile e foi um dos pontos principais.


Estampas de jornal, xadrez preto, branco e cinza, xadrez com respingos de tintas coloridas e estampas da bandeira do Brasil em cores desbotadas (que apareceram somente no final do desfile) foram outro ponto forte.

Os acessórios foram incríveis e cheios de detalhes, os suspensórios com lapelas, aplicações de tachinhas coloridas, colares de pérolas com golas de alfaiataria de camisa, maxi-botas pretas, óculos escuros e as sacolas feitas de couro que os modelos seguravam como bolsas, todos super conceituais mas que ao mesmo tempo da vontade de usar!


Vestidos com mangas bufantes gigantes e ombreiras seguiram a tendência que ja estava sendo mostrada nesta temporada de spfw e saias curtas de cintura alta, trabalhadas na moulage ficaram com volumes grandes e muito bonitos na passarela.

O cabelo masculino vem com gel, todo para traz e o rosto sem maquiagem mas com um bigodinho fino.Jás as meninas aparecem com um batom vermelho forte e um rabo preso na lateral da cabeça meio embaraçado e com trancinhas no meio.



A coleção tem um ar bem moderno e com roupas femininas que se confundem com masculinas e vice-versa.Carol Gold e Pitty Taliani surpreenderam e na minha opnião, fizeram um dos melhores desfiles dessa temporada!

Maria Bonita e Reinaldo Lorenço – SPFW outono/inverno 2010

19 jan

O dia começo cheio, com desfile externo da Maria Bonita!
Um desfile inspirado em Lina Bo Bardi já deixava meio claro que seria um desfile completo de formas, geometria e texturas!
A estilista brincou com as formas da arquitetura em suas peças, os vestidos, calças e jaquetas tinham o desenho vazado ganhando destaque para uma modelagem mais ampla, a maioria dos vestidos eram curtos, acima do joelho.

Tecido com toque transparente e algumas peças com clima esportivo, a cartela de cores ficou mais forte mais uma vez saindo do preto e branco.
Alguns vestidos eram meia manga com detalhes nos ombros, as calças eram mais largas e com um corte mais esportivo.
E para alegria das mulheres a coleção pode ser levada para a vida real.

Reinaldo Lourenço
Década de 40, calças e paletós, uniformes militares (por isso muitos verdes).
O desfile foi dividido em blocos e cada um tinha sua marca. Calças com boca de sina ajustadas ao corpo, bolsos  utilitários aparecem nas peças ganhando volume e não saindo do ar militarismo.


Ao andar do desfile aparecem cores mais vivas, uma geometria com detahes nos ombros em casacos grandes com desenhos diferentes nos ombros, oras pontudos oras com volume. A  maioria das peças tinham a cintura marcada com cinto, com looks mais apertados a silhueta ganhava grande destaque.


Todos os looks eram acompanhados de meias pretas e botas grandes com desenhos geometricos acompanhando o look, mas também teve sapatos mais baixos com bico mais fino, na parte de acessórios levamos para aquele mais falso vison.

A bota para deixar qualquer um com desejo ao militarismo de Reinal Lorenço.

Maria Garcia – SPFW outono/inverno 2010

18 jan


Mais um inverno de cores.
Maria Garcia se inspira no Street dos anos 90, com muita cor: Prata, rosê, dourado, preto, marrom, cinza, fúcsia e vermelho.
Ela muda de novo na pasarela para “Daria” onde aparece a inspiração com uma historinha um tanto quanto engraçada, mas de atitude para o tema, com uma trilha sonora bem no estilo “Street” o desfile começa no escuro com uma estampa de Neon; – e o melhor do Hip Hop – R&B.




Muitas sobreposições, e ver ao vivo o Croqui que a gente postou do desfile é completamente mais real e diferente, (para melhor é claro).
Muito volume, capuzes, bolsos em locais diferentes, minissaias com um toque de transparência e bordado, minivestidos com cores mais marcantes (nada daquele preto do inverno) – Minibermudas (no estilo mano) que de repente nela aparece um capuz transformando em um volume para a peça. Algumas mostram destaques para silhueta – mas teve muita renda, bordados e a lã em peso com costuras mais abertas para o inverno mais calorento como o nosso.





A ordem foi misturar as peças, sobreposições no estilo anos 90, com brilho, peles de mentira e vários looks com ar prateado ou dourado, o “couro” quando aparecia nos braços tinha a cor marrom. Aperce também muitas jardineiras, com alças de tecidos dferentes, mas também tem calças mais largas com cavalo mais baixo em seda (isso é o que mais anda aparecendo, nada de calças mais sequinhas).
Aparece alfaiataria no estilo “boyfriend” elas são grandes e ganham sobreposições em minivestidos deixando um grande volume no look.


botas tipo galochas, só que de couro envernizado.

Maria Garcia levou para passarela um inverno mais colorido, podemos dizer que um tanto quanto verão, assim deixando as peças um tanto quanto comercial para a vida real.

Colcci SPFW outono/inverno 2010

18 jan

De todas as opiniões de sobre o desfile de inverno da Colcci que eu consegui ler 90% delas foram ótimas!
Teve mudança e mais inspiração, deixando assim o desejo pelas peças ou looks completos. A marca tem história e todos nós estamos cansados de saber que ela faz roupa direcionada ao consumidor que de forma direta sua moda é para vida real, sua moda é comercial.


Alessandra Ambrósio, Izabel Goulart e Cauã Reymond foi o time que entra no lugar da mamãe Gisele, a marca tem fama na semana de moda pelo corre-corre na Bienal, digamos ser o desfile mais POP da semana, sempre tem um(a) TOP.
Tricô com pontos largos, rústico e confortável eu acho que se resume assim, a moda que todo quer ver e o que todos os jovens estão esperando, atitude em uma cartela de cor seguindo o cénario da passarela, aquele tom do militarismo que teve até capacete na passarela.


A maioria dos looks ganham o acessório que todos se perguntam como usar, o chapéu e no estilo Fedora ganha destaque no desfile, que foram feitos exclusivamente para a coleção, e pra vocês que se perguntam quem pode usa-lo a estilista deixa claro que este estilo cabe para todos os rostos, mas seguindo um padrão dependendo do seu look e sobreposição de peças.



Ao contrário das outras marcas que desfilam na semana de moda a Colcci é uma das que sai da passarela para as araras das lojas, o desfile é apenas para aguçar o desejo fashion e fazer você correr para as loja mais próxima!